Menstruação tira vinho e não faz pão

1*PzpFIikh0hy6XodZMe-iSQ

Quem me conhece sabe bem o pavor que tenho por latrinas e não estranha o meu fraquinho pela WaterAid. Visito-lhes o site ocasionalmente e um destes dias deparei-me com este projecto de fotografia, que me fez lembrar um postal que escrevi no maschamba aqui há atrasado.

O meu postal referia-se ao Mali e estas fotos são do Nepal. Do Brasil vem este vídeo educativo. Comum a todos, os mitos discriminatórios.

Quando eu era jovem ouvia o não-laves-a-cabeça, o não-faças-ginástica; em África ouvi diversos tabus associados à menstruação, como fonte de doenças venéreas e maldições sortidas; nas nossas aldeias da Beira era o pão, ou os bolos, que não levedavam se tocados por mulher menstruada, ou a maionese que cortava, se o ambiente era urbano. Mitos que se perpetuam por gerações e que parecem espalhar-se por osmose de tão comuns que são em contextos tão diferentes. Comum a todos a discriminação da mulher no seu período de infertilidade, que nem incubadoras avariadas. Até quando? (suspiro, suspiro)

AL

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s