A (re)escrita da história?

hess-rudolf-fuehrer

(Hitler, Hess, 1941)

ww2 1941

(Europa, 1941)

O ex-cabo, ex-pintor, o homem que não nasceu em leito de renda amolecedor, passará à História como uma revelação genial das possibilidades humanas no campo político, diplomático, social, civil e militar, quando à vontade de um ideal se junta a audácia, a valentia, a virilidade numa palavra.” (1941)

Lisboa, 2016.

Anúncios

4 pensamentos sobre “A (re)escrita da história?

      1. Mas tenho que meter o nome, claro. Até pelo espanto que senti, um tipo mete um elogio ao Hitler e colhe um quase total silêncio. O rasgado elogio de Hitler em 1941, 2 anos depois do fim da guerra civil de Espanha, alguns anos depois da invasão do continente asiático pelo Japão, este já em guerra com os EUA, a Europa como está no mapa, o Portugal afascistizado como estava então? Escreveu-o nos seus 35 anos o fervoroso legionário, extremista fascista luso de então, Humberto Delgado, cujo perfil político de então lhe permitiu a ascensão na hierarquia estatal e concomitante nomeação para responsável da instalação da aviação civil no ano seguinte. O ícone da parelha Costa-Medina. E dos seus apoiantes. Uma boa merda de gente, aqui entre nós que ninguém nos lê.

        Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s