Patrick Harries

harries junod

harries work

Morreu ontem Patrick Harries, historiador sul-africano cuja obra é incontornável para os interessados no entendimento da história moçambicana. Mais do que palavras elogiosas cumpre é fazer o apelo à leitura (ou releitura). Realço duas obras, que julgo extraordinárias: o “Work, Culture and Identity: Migrant Laborers in Mozambique and South Africa, c. 1860-1910” (que partilho aqui em formato pdf) de 1994, necessário para entender as reconfigurações económicas e as dinâmicas de categorização etnolinguísticas do sul de Moçambique desde meados de XIX; e uma preciosa biografia de Henri Junod, missionário e etnógrafo, o “Butterflies and Barbarians: Swiss Missionaries and Systems of Knowledge in Southeast Africa” de 2007, do qual há uma edição moçambicana nas Edições Paulinas com este título “Junod e as Sociedades Africanas: Impactos dos Missionários Suíços na África Austral”, que me parece ter passada algo despercebida no país (e que está disponível para aquisição em formato electónico).

Anúncios

3 pensamentos sobre “Patrick Harries

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s