Infanto-juvenil

rev-247-embed

Ouvira falar e lera encómios a este filme. Vi-o agora, na tv. Gostei muito, regressei à puberdade, aos livros (já então em desuso) de Karl May, um romance de aventuras no longínquo “oeste”, a malvadez dos colonos, a selvajaria dos índios. O agressivo grizzly, as paisagens, os combates com espingardas de carregar pela boca, a dureza da vida na natureza selvagem. Fui menino, ontem à noite, diante do ecrã.

Só não percebo, mesmo, é como tantos adultos louvaram o filme sem referirem que estavam a ser assim, meninos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s