A lucidez

disgrace_by_j-m-_coetzee

Nisto de arrumar as estantes estou a congregar os Coetzees e, distraído, o polegar direito abre o Disgrace paperback, mostra-me a primeira página e sorrio neste começo “For a man of his age, fifty-two, divorced, he has, to his mind, solved the problema of sex rather well.” … e depois haverá a história para contar o como, que é, sei-o, um afinal não. Recuo para ver de quando me é o livro, e lá está a minha marca “Nelspruit abril 2000”, e sei, pois o lembro, que logo de regresso o li, avassalador já então. E se se apresenta assim, como se a mim ecoando neste hoje-em-dia, tenho que o reviver, como será que neste agora reagirei àquela devassa da degenerescência, descarnando a alma até ao seu pobre osso? Percebo que o li ainda menino, menino de 35, como podia eu atingir, se naquele antes do Maio de 2002, ainda pobre órfão de filha, “From the day his daughter was born he has felt for her nothing but the most spontaneous, most unstinting love. Impossible she has unware of it. Has it been too much, that love? Has she found it a burden? Has it pressed down on her? Has she given it a darker reading?”.

A David pedem-lhe, exigem-lhe e mostram-lhe, até a filha, mais do que todos a própria filha lhe exige e o mostra, que se arrependa do ser, que se penitencie do ser, que desista do ser, tal como os que o rodeiam desistem e disso fazem vida e gala. No fim, professor indocente, apenas um cão vadio, abandonado e condenado, o ouve, nos seus até dementes desafinos de banjo infantil, onde já des-tenta compor um libreto,  seu pobre simulacro de actividade, de humanidade, para o qual não tem, e sabe-o, talento, assunto e perseverança. E só ele pode salvar esse seu único ouvinte. Bev, cujo desesperado amor ao mundo se concentra na eutanásia canina, dá-lhe o arremedo da salvação própria, quer ele poupar o rafeiro, a sua audiência, ou é para o abater?, “are you giving him up?”.

Yes, I am giving him up.”, termina ele.

Coetzee é o cume da lucidez. E esta é o verdadeiro horror.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s