A polícia de trânsito

policia-de-transito-flagrado-portalmoznews

Postal para ser pouco popular: tornou-se “viral” o filme com o polícia de trânsito moçambicano a extorquir benesse a uma família de turistas (sul-africanos?). Sou muito solidário com os automobilistas pressionados pela polícia, algo que no país piorou cerca do último quinquénio. Em particular os turistas, desconhecedores do país, com mais receios. E ouvi algumas histórias feias passadas com gente amiga. Mas ao mesmo tempo quero deixar o meu testemunho: vivi 18 anos no país. Nos primeiros 6 usei, por trabalho pessoal e depois conjugal, uma matrícula diplomática. Nos seguintes 12 prescindi dessa matrícula (para poder praguejar ao volante). Fui parado inúmeras vezes (p. ex. 4 vezes numa manhã entre o Bairro Central e a Baixa de Maputo) em inúmeros locais do país. Fui abordado de múltiplas maneiras, gentis, companheiras, secas, malandras, sorridentes, sisudas. E até (raramente, e só agora nos últimos anos) ríspidas. Apanhei algumas multas. Fui muitas vezes perdoado. Nunca paguei a um polícia. Convém lembrar que quem “paga refresco” é criminoso, corruptor activo …

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s