A culpa é do Palhinha

joao-palhinha

 

(Também) Mea maxima culpa: a gente, arrogante, ri-se de Jesus, o treinador da bola que fala mal, que “amanda” coisas como “bocejados pela sorte”. Somos urbanos, formados, educados, fomos “bafejados pela sorte”. Neste caso pior ainda vou eu, sempre a resmungar contra os “indignismos”, os bafejos de intelecto cheios de certezas denunciatórias.

Pois no sábado o Sporting perdeu, Jesus (um tipo conhecido por dar estritas instruções tácticas aos seus jogadores) veio à entrevista e disse “(o jogador) Palhinha levou o guião errado para o jogo ….”. Caí-lhe eu em cima (“inadmissível”, “imoral”, “a culpar o miúdo”), e tantos outros também. Ora, de facto, o homem falou muito bem, com ponderada metáfora, o autor do guião não é o actor (jogador) é mesmo o dramaturgo/argumentista (treinador). Ou seja, o homem foi elegante, na forma como se expressou e como assumiu o erro próprio, a responsabilidade da derrota. E eu culto, “dono da língua” (ainda que não vá sozinho nesta cagança), não o entendi. E como tal logo me botei a bramir os meus bocejos denunciatórios, os meus bafejos moralistas.

Verdade, verdadinha, mais vale que Jesus vá atropelando a língua de vez em quando. É que eu (e, repito, não vou sozinho nisto) não entendo(emos) quando se fala bem. O problema – bem para além da bola, pois em tantos outros assuntos – é mesmo esse.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s