O trajar académico?

comunicado

Facto social total: é desse velho conceito, aprendido logo no início dos estudos de ciências sociais, que me lembro enquanto leio em vários murais do Facebook comentários sobre um comunicado de uma universidade moçambicana, proibindo inúmeras peças e modos de vestuário. Há quem critique o moralismo exacerbado que habita nesses propósitos, há quem apoie criticando os costumes desbragados da comunidade estudantil. E houve quem, com siso, notasse a escandalosa mediocridade formal do texto, inadmissível numa direcção universitária, denotativa de um “estado da arte”, esse sim algo degenerado. Disso tudo retiro três pontos, bem diversos: sobre a normatividade no ensino; sobre a diversidade; sobre a “cooperação”.

Continue reading “O trajar académico?”